A Implantação de Autoatendimento em uma Rede de fast food: avaliando a percepção do consumidor

Sérgio Luis Ignácio de Oliveira, Claudio Gonsalves de Souza, Daniela Sfeir Sfeir, Sérgio Luiz do Amaral Moretti

Resumo


A implantação de novas tecnologias no autoatendimento que permitem maior satisfação para o cliente e o estabelecimento, tem ganhado espaço e grandes investimentos no ramo de food service no Brasil. Para muitas empresas o autoatendimento representa a solução de vários problemas de gestão e organização, como, por exemplo, o gerenciamento de filas. O objetivo deste artigo é expor uma avaliação direta da percepção dos clientes na utilização desta forma de atendimento em um restaurante da rede Bob’s de fast food na cidade de São Paulo. A metodologia utilizada foi a aplicação de um questionário junto a uma amostra de usuários do próprio restaurante. Os resultados apontaram que os consumidores têm boa percepção sobre as novas tecnologias de autoatendimento, principalmente pelo conforto e rapidez. Contudo, seu uso não se mostrou como o fator principal na escolha de estabelecimentos neste segmento.

Palavras-chave


Autoatendimento. Tecnologia. Gestão em Alimentos e Bebidas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.24883%2Fric.v7i4.231

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


 Atelier Brasil
Rua Pe. Guilherme Pompeu, 01, Centro
06501-055, Santana de Parnaíba, São Paulo, Brazil
(ISSN 2236-210X – DOI 10.24883)

Contato institucional: senioreditorial@inteligenciacompetitivarev.com.br



  Indexadores e Diretórios                    
             


SitesDOMÍNIO PÚBLICO CAPES l IAFIE l SCIP l IAFIE l USP l FMU  l ABRAIC SEER/IBICT  l ISSN l EventosANPAD l NormasABNT

 

Visualização no Brasil e no Mundo por localização e período: