O processamento de Inteligência Competitiva na função diretiva de marketing: experiências de uma empresa industrial e de varejo em Personal Care no Brasil

Frederico Vidigal, Carlos Alberto Gonçalves, Joaquim Ramos Silva

Resumo


O objetivo do trabalho é descrever um modelo de Inteligência Competitiva - IC aplicado pelo departamento de Marketing de uma empresa industrial e de varejo de grande porte no Brasil especializada em produtos sustentáveis para cuidados pessoais. Entre o período 2005 e 2015, observa-se o crescimento de estudos na área de inteligência, que vem despertando o crescente e natural interesse, em pesquisas no campo da Administração Mercadológica em função da sua aderência à competitividade, sobretudo procurando um maior entendimento acerca do seu planejamento e implementação. Nesse sentido, o problema ou oportunidade da pesquisa partiu da necessidade de se conhecer, de forma empírica, estruturas de Inteligência Competitiva gerenciadas pela área de Marketing, como forma de avanço e contribuição à produção acerca do tema. O método adotado foi o estudo caso, classificado como qualitativo e descritivo. Os dados foram coletados por meio de um roteiro de entrevistas semiestruturado direcionado à gerência de inteligência de mercado da empresa.  Como resultados, constatou-se que no modelo empregado pela empresa investe-se na infraestrutura física para a atividade visando o incremento de sua competitividade e interação com o ambiente concorrencial, sobretudo em busca de oportunidades para a diversificação de negócios.

 


Palavras-chave


Inteligência Competitiva; processamento de Inteligência; fontes de informação; práticas de inteligência competitiva.

Texto completo:

PDF

Referências


BRAGA, F.; GOMES, E. Inteligência Competitiva: como transformar informação em um negócio lucrativo. In: MILLER, Jerry P. O Milênio da Inteligência Competitiva. Porto Alegre: Bookman, 2002.

CALOF, J.; BROUARD, F. Competitive Intelligence in Canada. Journal of Competitive Intelligence and Management. Vol. 2. Number 2, 2004.

CASSIDY JR. R. The intelligence function and business competition. California Management Review. P. 85-92. Spring. 1964.

COMAI, A.; MILLÁN, J. T. La gestión de vigilância tecnológica y empresarial em Zanini Auto Group: dos enfoques de inteligência competitiva.In: Inteligencia competitiva em Empresas Industriales. Disponível em http://www.periodicos.capes.gov.br. Acessado em novembro de 2010.

DAMAZIO, L.F. GONÇALVES, C.A. Inteligência Competitiva em Marketing no varejo de equipamentos de informática. Disponível em: http://www.anpad.org.br/diversos/trabalhos/3Es/3es_2003/2003_3ES27.pdf. Acessado em abril de 2015.

DRUCKER, Peter F. As informações de que os executivos realmente precisam. In: Medindo o Desempenho Empresarial / Harvard Business Review. Tradução de Afonso Celso da C. Serra. Rio de Janeiro. Campus, 2000.

FLICK, U. Entrevista episódica. In: BAUER, Martin W.; GASKELL, George (org.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2002.

FULD, L. M. Inteligência Competitiva: como se manter à frente dos movimentos da concorrência e do mercado. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2006

GRIFFITH, S. B. Sun Tzu: The Art of War. Evergreen/Taschen, 2007.

KASSLER, H. Recursos de informação para a inteligência. In: MILLER, Jerry P. O Milênio da Inteligência Competitiva. Porto Alegre: Bookman, 2002

McGEE, J., PRUSAK, L.Gerenciamento Estratégico da Informação. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 1995.

MILLÁN, J.T.; COMAI, A. La inteligência competitiva em las multinacionales catalanas. Barcelona: El Professional de La información, 2004.

MILLER, J.P. O Milênio da Inteligência Competitiva. Porto Alegre: Bookman, 2002.

MINAYO, M. C. S. & SANCHES, O. Quantitative and Qualitative Methods: Oppositionor Complementarity? Cad. Saúde Públ., Rio de Janeiro, 9 (3): 239-262, jul/sep, 1993.

MONTGORMERY, D. B.; WEINBERG, C., B. Toward Strategic Intelligence Systems. Jornal of Marketing. 41-52. 1979

MOYER, M.S. Market Intelligence for Modern merchants. California Management Rewiew. V.13.n4, 1972.

POSTIGO, J. Competitive Intelligence in Spain: a survey of its use by Spanish exporters. Barcelona: El professional de la información, 2001. Disponível em www.portal.capes.org.br. Acessado em 30 de novembro de 2010.

PRESCOTT, John E.; MILLER, Stephen H. Inteligência Competitiva na Prática. Tradução: Alexandre Feitosa Rosas. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 2002.

QUEIROZ, M. I. P. Relatos orais: do "indizível" ao "dizível". In: VON SIMSON, O. M. (org. e intr.). Experimentos com histórias de vida (Itália-Brasil). São Paulo: Vértice, Editora Revista dos Tribunais, Enciclopédia Aberta de Ciências Sociais, v.5, 1988. p. 68-80.

RODRIGUES, L.C; RISCAROLLI, V.; ALMEIDA, M.I.R. Inteligência Competitiva no Brasil: um panorama do status e função organizacional. Gramado: Enanpad, 2006.

ROEDEL, D. Estratégia e inteligência competitiva. In: MILLER, Jerry P. O Milênio da Inteligência Competitiva. Porto Alegre: Bookman, 2002.

STAREC, C.; GOMES, E.; BEZERRA, J. (Orgs.). Gestão estratégica da informação e inteligência competitiva. São Paulo: Saraiva, 2005.

TARAPANOFF, K.; ARAUJO JUNIOR, R. H. de; CORMIER, P. M. J. Sociedade da informação e inteligência em unidades de informação. Ci. Inf., Brasília, v.29, n.3, dez.2000. Disponível em http://www.scielo.br/scielo. Acessos em 19 agosto de 2010.

VALENTIM, M. L. P. Inteligência Competitiva em Organizações: dado, informação e conhecimento. DataGramaZero, Rio de Janeiro, v.3, n. 4, ago. 2002.

VIDIGAL, Frederico. Inteligência Competitiva: Aplicações Estratégicas e Mercadológicas. Curitiba: Appris, 2016.

WRIGHT, S.; CALOF, J. L. The quest for competitive, business and marketing intelligence.: a country comparison of current practices. European Journal of Marketing. Vol. 40, 2006




DOI: http://dx.doi.org/10.24883%2Fric.v7i4.237

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


 Atelier Brasil
Rua Pe. Guilherme Pompeu, 01, Centro
06501-055, Santana de Parnaíba, São Paulo, Brazil
(e-ISSN 2236-210X – DOI 10.24883)

Contato institucional: profdrpassos@gmail.com.br



  Indexadores e Diretórios                    
             


SitesDOMÍNIO PÚBLICO CAPES l IAFIE l SCIP l IAFIE l USP l FMU  l ABRAIC SEER/IBICT  l ISSN l EventosANPAD l NormasABNT

 

Visualização no Brasil e no Mundo por localização e período: